Gyoza


Olá a todos!

Ontém a noite fiz Gyoza. Já faz um tempão que não fazia os bolinhos com carne de porco e acelga. Chineses ou japoneses eles são simplesmente uma delícia.

Já havia uma grande vontade de fazé-los novamente, mas aqui ainda não encontrei a massa pronta. Continuei sem achar, mesmo nas lojas de produtos orientais não tem.

Então resolvi fazer eu mesmo. Engraçado! Antes eu nem pensava em me atrever em fazer a massa para os Gyozas, pois achava que seria uma ciência. Sai procurando pela internet e achei uma receita bastante interessante e simples de fazer.

No blog do Vitor Hugo, Prato Fundo, achei a receita da massa que vos mencionei antes. Aqui o link para a mesma. Só para informação: eu pedi permissão ao Vitor para poder linkar a receita aqui em meu blog!!!

Para o recheio usei como base a receita que fiz da primeira vez. Que por sua vez tem base na receita do Jamie Oliver. O grande responsável para que eu experimentasse os bolinhos.

Concordo com  o Vitor enquanto ao uso da carne de porco. Realmente ela dá aos bolinhos um sabor especial e particular. Mas experimente com outro tipo de carne se você não gosta ou não come carne de porco e veja como fica. 

Gyoza
renderam-me 46 bolinhos à 8,5cm Ø, sem usar a massa que restou das rebarbas

Recheio

250g de carne de porco
200g de acelga
somente a folha sem o talo e bem cortadinha
30g de cebolinha cortada bem fininha
10g de gengibre cortado bem fininho
1 dente de alho (3g) cortado da mesma forma
2 col. de café de ajinomoto
1 col. de chá de mirim (Sake adocicado que servi para cozinhar)
1 col. de sopa de óleo de gergelim tostado
1 à 2 col. de sopa de molho shoyu ou 1 col. de sopa de shoyu e 1 col. de molho de ostras
1 col. de sopa de amido de milho*

Numa tigela junte a carne, a cebolinha, o gengibre, o alho, o ajinomoto, o mirim, o óleo de gergelim e o shoyu e ou o molho de ostras.


Misture rapidamente para unir os ingredientes. Agora você verifica se será necessário o uso do amido.
Junte a acelga e sove até que a mesma fique unida com a mistura da carne.


Algumas observações: 

Onde comprei  a carne, só tinha as fatias de lombo com um ossinho. Comprei assim mesmo, retirei o osso e triturei em meu triturador. Ficou uma beleza!

Eventualmente você ainda irá precisar de 1 col. de sopa de amido de milho* para dá liga na massa do recheio. Dessa vez não precisou, mas as vezes a acelga solta uma aguinha. É por isso que as vezes uso o amido.

De início faça somente a Mise en place dos ingredientes. Nesse caso, Mise en place é preparar os ingredientes para o recheio. Deixar tudo pesado, separado, em ponto de bala para usar. Assim como na foto à baixo. 


Reserve a carne, a acelga, o gengibre, o alho e a cebolinha na geladeira e retire uns 15 minutos antes de usar.

Só para acrescentar, na receita original se usa Nirá, que é a cebolinha usada no Japão (os chineses também usam). Ela tem um formato pareceido com nossa cebolinha, mas no fim do bulbo tem um botão. Pois o Nirá é colhido antes de dar a flór.    

Fonte: google imagem

Faça a massa. Deixe pré-cortada e suficientemente enfarinhada para que não grude uma na outra. Agora faça o recheio. Tem que ser rápido! Depois é só começar a recheiar a massa, dá o formato característico e depois coze-los. 

Tome cuidado para não recheiar muito, se não, não conseguirá fechar os bolinhos. O inverso também não é bom, assim você terá mais massa do que recheio.

Eu usei uma dica de uma conhecida minha de povilhar um pouquinho de amido de milho na assadeira ou prato onde eu fosse colocando os Gyozas antes de coze-los.


O cozimento é bastante particular. Você esquenta uma frigideira com tampa (teflon é a melhor escolha), coloca uma camada fina de óleo e transpõe os bolinhos. Deixe-os "tostando" por alguns minutinhos (veja para que o fogo esteja em temperatura média). Depois jogue 200ml de água filtrada ou mineral na frigideira, tampe rapidamente e deixe terminar o cozimento no vapor gerado pela água.

Estarão prontos quando a água secar. Eu os servir com molho shoyu, mas você servi como preferir. O Jamie fez um molhinho com shoyu, óleo de gergelim, Sake e molho de pimenta dedo de moça. Se não me falhe a memória.

Veja nesse link como dá formato aos Gyozas! No meu caso não precisei molhar tanto assim as beiradas da massa. Pronto!!

Deixo aqui também registrado com fotos o passa a passo do preparo da massa. Sigam as instruções do Vitor direitinho viu!!!

Depois da água quente
Depois da água fria e do óleo
Um abraço