Remoulade Italiano



Olá,

Voltando ao assunto!

Essa interpretação italiana é tão versátil quanto à alemã. Usando a criatividade dá para combinar com quase tudo.

Eu fiz duas sugestões de tira-gosto para uso dos molhos. O remoulade “alemão” combinei com ovos cozidos. Se quiser fazer essa combinação e achar que tem muito ovo na história, é só retirar o ovo que leva na receita!

Para o italiano, fiz mini-hamburgers com bacon. Pedi ao açougueiro para triturá-lo junto com a carne. Para temperar usei uma mistura em pó de especiarias, pimentas e sal. 

O mini-hamburguinho deveria ter o sabor fiel da carne para que combinasse com o sabor forte do molho na versão italiana. 

 

Vamos a receita?!

Remoulade Italiano
Rende aproximadamente 240g

15g de alcaparras
30g de pepino cornichon em conserva
30g de azeitonas pretas sem caroço
50g de tomate seco
30g de tomate fresco concassé
1 dente de alho
2 col. sopa rasa de sumo de limão
1 col. chá rasa de mel

50 a 70 ml de azeite de oliva (ou o suficiente para cobrir todos os ingredientes)

Pique as alcaparras, o pepino cornichon, as azeitonas, o tomate seco, o tomate fresco e o alho bem picadinho, um de cada vez. Vá colocando os ingredientes picados em um bowl de vidro ou porcelana.

Dê uma boa mexida e comece a temperar com o sumo de limão, o mel e por fim o azeite. Reserve na geladeira até antes de usar.

O tomate concassé fiz da maneira A La Nadia Santini. Cortei o tomate em bandas, retirei as sementes e deitei cada banda bem rente na tábua de cortar e passei uma faca bem afiada nas costas da banda do tomate. Fica somente o filé do tomate.


No próximo post trarei a versão baiana do remoulade :) mas não se preocupem, pois a pimenta malagueta será à gosto, hehehe

Abraços