Ravioli de tomate seco e frango



Olá :)

Faz uma semana que conheci um blog muito legal, o Mastigando em Salvador. O mais legal de tudo é que os fundadores moram em Salvador-Ba. O blog fala ou retrata todas as “aventuras" gastronômicas de sua dupla fundadora. Eles saem para comer e depois contam para nós como foi, o que beberam, sobre o atendimento... Até o final do mês, acontece uma promoção chamada resenha premiada, vale a pena participar! Um abração para Caterine e Gustavo :)

Bom! Não adiantou começar esse post falando sobre outro assunto, pois o assunto é tomate seco mesmo. Não se preocupem, tomate seco agora só daqui a... meses.

O bom nessa história ravitomase toda é que pude mais uma vez fazer pasta. Adoro fazer pasta!
 
Ravioli de tomate seco e frango
Renderam 60 unidades

Massa

200g farinha de trigo
7 gemas (rendeu 133g)
2 col. sopa de água, mas só se haver necessidade!

Confira o preparo da massa aqui!

Recheio
rende 315g

300g de peito de frango cortadinho
1 dente de alho pequeninho picadinho
1 col. sopa de cebola picada
1col. de café de tempero pronto do seu gosto
90g de tomate seco
95g de Cream cheese

Tempere o frango com o tempero pronto. Esquente uma frigideira, coloque um fio de óleo ou azeite de oliva e refogue o frango. Quando estiver quase cozido junte a cebola e depois o alho. Espere um pouco e desligue o fogo. Deixe esfriar por completo antes de usar.

Detalhe, o frango depois de refogadinho rendeu 232g e eu só precisei usar mesmo 130 g. O restante comemos como tira gosto até o almoço ficar pronto ;)  

Frango frio. Passe-o junto com o tomate seco e o cream cheese em um processador para ficar bem passadinho, vira uma pasta mesmo. Não utilize mais liquido algum. Geralmente os recheios para raviolis precisam ser “secos” para não molhar a massa.

Coloque o recheio em um saco de confeitar e reserve. O saco de confeitar ajuda que é uma beleza na hora de porcionar o recheio. Se não tiver o saco, use duas colherinhas.

Ravioli

1 ovo batido + 1 col. sopa de água (mas você não usará tudo)
Manteiga com ou sem sal para refogar, à gosto
Um punhado de salsinha grosseiramente picada
Água quente com sal para cozinha os raviolis, quando estiver formando bolhinhas no fundo da panela, a água estará no ponto para o uso.

Abra a massa bem fininha, fininha. Eu abri com a minha maquininha maneira e com ela pude fazer uma "esteira" de massa, que depois de cortar viraram duas. Com uma parte ou uma esteira da massa, marque ou de olho ou com o cortador de raviolis mesmo, o lugar onde você cortará o ravioli. Bem no meio desse lugar coloque o recheio. Tome cuidado para não colocar muito, se não o bicho não fecha.

Passe ovo batido com a ajuda de um pincel nas beiradas, coloque a outra parte da massa por cima, pressione levemente cada unidade, do meio para fora e logo em seguida corte-os. É importante pressionar para retirar todo o ar de dentro dos raviolis. Se não, quando você for cozinha-los, eles explodem.

  
Se você for bem ágil, forme todos os raviolis primeiro para depois cozinhar. Se não, faça em duas etapas que nem eu :) Assim que cada ravioli estiver pronto, reserve em cima de uma tábua ou prato polvilhado com farinha de trigo até à hora de cozinhar. 

Coloque uma frigideira para aquecer. Ponha a manteiga para derreter (fogo médio!!!). Enquanto isso cozinhe os raviolis. Quando estiverem boiando na superfície, estão prontos. 

Retire-os da água com a ajuda de uma escumadeira e despeje diretamente sobre a manteiga borbulhante. Junte a salsinha, dê uma mexidinha e pronto (é jogo rápido mesmo!)

Sirva em um prato fundo e polvilhe queijo parmesão ralado na hora. Se preferir, deixe o queijo de lado. Também fica bom!


Observações: eu abri a massa em dois níveis de finura. Como tenho uma maquininha (de novo!!!), posso dizer que abri uma parte no nível 7 (foto do início) e a outra no 8 (foto aqui de cima). A diferença é somente que a do 7 ficou mais fininha e por sua vez mais frágil.

Espero que tenham gostado dos raviolis, mesmo que tenham sido de tomate seco :)

Abraços

Olhem só como ficou por dentro!