Creme de maracujá do mato



Olá!

Nesse Domingo tenho o prazer de lhes apresentar o maracujá que me foi apresentado como, maracujá do mato.

Uma das coisas que notei ao colocar alguns gominhos do mesmo na boca, é que o bicho é azedo pra chuchu! Mais azedo que o maracujá que costumamos comprar nos mercados. Ele também tem uma textura mais durinha. Os seus gomos não são tão “gelatinosos” quanto os do maracujá convencional (se é que posso chamar assim!).

Ao toque, a casca é bem dura, cheguei a pensar que teria que usar uma faca maior para abri-lo. Mero engano é preciso um pouquinho de força, mas ele abriu fácil. O negócio foi a parte verde, quando a faca ultrapassou essa camada, o resto foi fácil.

 
Também percebi que os gomos são ligados à cúpula do maracujá através de um cordãozinho, que ao toque parece um pavio fino de vela (mas não achei bom ao comê-lo) e ao puxar esse cordãozinho vem junto uma pelezinha. Aí, o gominho do maracujá do mato fica com um formato de uma gota e não fica mais tão durinho. 


Quando fui extrair o sumo, percebi que esse maracujá não é tão suculento. Adicionei um pouquinho de água e pulsei três vezes no mixer. Por não conhecer a fruta achei melhor fazer assim para não correr o risco que o sumo ficasse amargo. Ao coar o sumo, vi que no fundo do recipiente tinha uma laminha. Daí percebi que a fruta tem amido (eu acho que era amido).

 
O creme ficou uma delícia. Com sabor de frescor puro e o creme de chocolate no fundo deu um toque tão especial :) Os morangos também vieram na cesta. Estavam docinhos e bem vermelhos. Resolvi adicioná-los ao conjunto, pois eram poucos e queria dá um efeito de cores em minha sobremesa. Mas eu consegui mais, o morango trouxe um dulçor que contrastou perfeitamente com o azedinho do maracujá do mato. Mesmo assim, considero um ingrediente opcional.

Nesse contexto acho melhor irmos para ao que interessa, a receita.

 
Creme de maracujá do mato
Para 6 porções generosas e 8 moderadas

Sumo de maracujá do mato
Rendeu aprox. 250 ml 

490g de polpa de maracujá do mato
50ml de água filtrada
ou mineral

Coloque os dois ingredientes no liquidificador e pulse três vezes. Passe a “massa” em uma peneira e retire o máximo de sumo. Reserve.

Creme de chocolate meio amargo

85g de chocolate meio amargo
85g de creme de leite uht

Coloque os dois ingredientes em um bowl resistente a microondas e ao calor. Derreta em banho-maria ou microondas. Misture e deixe amornar. Porcione um pouco de creme no fundo de cada taça ou copo que servirá a sobremesa. Coloque-os na geladeira por 20 minutos.

Creme de maracujá do mato
Aprox. 250ml de sumo de maracujá do mato
1 lata de leite condensado
400g de creme de leite uht
6g de gelatina

Faça essa mistura em um copo medidor de 1L (ou mais) para facilitar na hora de porcionar. 

Coloque no copo medidor o sumo do maracujá do mato, o leite condensado e bata. Dissolva a gelatina e reserve. Adicione à mistura do sumo o creme de leite e bata. Por fim, misture a gelatina e bata bastante para adicionar ar à preparação. Porcione um pouco do creme de maracujá sobre a camada de creme de chocolate e volte a colocar na geladeira por um tempo suficiente para que o mesmo fique firme. Reserve o restante de creme de maracujá na geladeira. Antes de colocar a segunda camada de creme de maracujá, bata novamente para adicionar mais ar ao mesmo.

Morangos marinados (opcional)

100g de morangos limpos e bem cortadinhos
15g de geléia de morango, usei para dar um pouco de liga aos morangos 

Misture a geléia aos morangos cortadinhos e deixe marinando. Reserve. Quando a primeira camada de creme de maracujá do mato estiver firme, espalhe um pouco do morango marinado (principalmente nas beiradas da taça ou copo). Coloque aos poucos, pois não rende muito morango marinado nessa mistura. Retorne as taças à geladeira por 20 minutos.

Finalização

Retire as taças da geladeira e jogue a segunda e última camada de creme de maracujá do mato. Deixe gelar por oito horas no mínimo. Decore com frutas de sua preferência e raspas de chocolate.

Sirva bem gelado!

Um abraço