domingo, 27 de fevereiro de 2011

Quem quer receita?!



Olá a todos!  
Shannon essa é para você, um beijo!!!

Estava pensando que não seria nada mal compartilhar uma receita ou outra de vez em quando com vocês.
Vou começar com uma Torta de queijo gelada com espelho de goiabada e pedacinhos de goiaba, Huuumm!! Quem vai?

Essa torta leva o nome de Cheese Cake de goiaba, nas cafeterias e docerias da cidade. Como não gosto de nenhuma das versões que já degustei até hoje, resolvi  desenvolver a minha própria versão e nomeala em português mesmo.

Essa torta não leva muito açúcar (como a maioria das sobremesas que faço) e é muito cremosa e leve, pois a clara batida em quase neve dá essa sensação de leveza à receita.

Mais uma coisinha antes de começar. Eu costumo usar creme inglês em várias receitas que faço.  É um creme fácil de fazer, mas requer um cuidado importante tem que ser cozido em banho-maria. Isso é importante!!! Pois se cozido diretamente à chama do fogo pode vir a formar grumos que não ficarão bem na receita.

Bom, agora podemos começar.

Torta de queijo gelada com espelho de goiabada e pedacinhos de goiaba
Para uma torta de 25 cm Ø

Creme inglês sem creme de leite fresco 

Prepare o baho-maria, mas não precisa borbulhar. Quando tiver formando bolhinhas no fundo da panela está pronto para usar.

200 ml de leite + 2 ou 3 gotas de essência de baunilha: esquente, não deve ferver.
4 gemas *+ 2 colheres de sopa de açúcar: misture em uma tigela de vidro resistente ao calor ou numa bacia(bowl) de inox. Junte o leite quente e misture ao mesmo tempo. Leve a mistura ao banho-maria e cozinhe sempre mexendo para não formar grumos.

Você também pode substituir a essência de baunilha, por 1/3 da fava de uma baunilha. 

Estará pronto quando! Você mergulhar a colher de pau (ou a que você estiver usando) no molho, virar as costas da colher e passar o dedo de ponta a ponta.  Se o molho que ficou nas laterais não “invadir” o “caminho” que você fez com o dedo, estará pronto!
Deixe esfriar antes de usar. Também é recomendável peneirar (para retirar enventuais grumos) antes de usar. Rende aprox. 200g.

*Reserve as claras!!!



Etapa 1

Base de biscoito maisena

1 pacotinho de biscoito maizena (num pacote de biscoito maisena vem 3 pacotinhos, use 1)
70 g de manteiga sem sal derretida, usar ainda quente(sempre usei manteiga sem sal, não sei como fica usando manteiga com sal ou margarinas)

Triture, massaroque, bata...  o biscoito maisena até obter uma farinha fina. Ponha em uma vasilha, onde vai ser misturada com a manteiga.

Coloque a manteiga numa panelinha e deixe derreter em fogo bem brando para não queimar.
Junte a manteiga à farinha de biscoito e misture muito bem com um garfo ou com as mãos mesmo, até obter uma farofa úmida.

Espalhe a farofa no fundo de uma forma de fundo removível ou um prato com um aro (unte as laterais da forma ou do aro com óleo ou use uma fita de acetato ou de papel manteiga para que a torta não grude nas laterais).

Acomode a farofa apertanto com as costas de uma colher de metal para que fique tudo bem plano e firme. Reserve na geladeira.

Etapa 2

Creme aerado de creme de queijo
Use tudo em temperatura ambiente por causa da gelatina!!!

300g de Cream Cheese(creme de queijo), Philadelphia, Danúbio ou Polenghi
1 receita de creme inglês
½ lata ou caixinha de leite condensado
200g de creme de leite, lata ou caixinha
1 pacotinho de 12g de gelatina incolor e sem sabor
3 colheres de sopa de água filtrada ou mineral para hidratar a gelatina
4 claras

Hidrate a gelatina e dissolva no banho-maria ou microondas. Cuidado para não esquentar muito, se não a gelatina perde sua função de gelatificar na receita! Deixe amornar antes de uasr.

Junte o creme de queijo, o creme inglês, o leite condensado e o creme de leite. Misture tudo e experimente. Se estiver pouco doce para o seu gosto coloque mais a outra metade da lata ou caixinha leite condensado. Reserve.

Junte à gelatina dissolvida duas colheres de sopa da massa anterior, misture bem e só então adicione essa mistura à massa de creme de queijo. Reserve.

Por fim bata as claras em quase neve (não deixe ficar muito firme) e agrege na massa de creme de queijo com gelatina com cuidado!

Retire a forma da geladeira e despeje o creme aerado sobre a farofa acentada de biscoito maisena. Leve para gelar no mínimo duas horas antes de despejar o espelho de goiabada.

Etapa 3

Espelho de goiabada com pedacinhos de goiaba

250g de goiabada
100ml à 150ml de água filtrada ou mineral (talvez até mais, vai depender da marcar da goiabada)
70g de goiaba cortada em pedacinhos (se quiser pode colocar mais!)

Corte a goiabada em pequenos cubos, coloque em uma panelinha junto com a água e leve ao fogo (baixo) para derreter.

Quando estiver quase tudo derretido adicione os pedacinhos de goiaba e deixe tudo no fogo só até derreter o restante da goiabada.

Deixe esfriar totalmente antes de usar.  Se estiver muito grosso, agora sim, adicione mais um pouco de água.
Espalhe o espelho sobre a torta ainda não retirada do aro ou forma e retorne a geladeira por mais seis horas antes de servir. Se preferir deixe mais tempo, pois quanto mais geladinha você degustar essa torta melhor!

A idéia é que o espelho caia sobre as laterais da torta e das fatias que serão cortadas.

Abraços!!!!!

Um dos melhores chocolates do mundo!

Olá! vocês sabiam que um dos melhores chocolates do mundo vem daqui da Bahia-Ilhéus?

Pois é. Se chama AMMA chocolate. A empresa pertence à dois sócios, o bahiano Diego Badaró e ao norte americano, Frederick Schilling.

O baiano Diego Badaró, é um integrante da 5° geração de cacauicultores da família Badaró. Segundo tudo o que li sobre o "menino", ele começou muito jovem no metier do cacau (chocolate).
Sua querida e abençoada mãe, resolveu não vender as terras da família e ele, por ser um preocupado com o meio ambiente, fez desaparecer a vasoura de bruxa de suas terras e de forma sustentável, criou um cacau muito bom, excelente.

Acreditando em seu próprio potencial e no de seu cacau, ele enviou amostras de amêndoas de cacau para seu sócio, Frederick Schilling. É aí que o norte americano entra na história. Diz ter ficado muito impressionado com a qualidade da matéria-prima e então veio ao Brasil-Bahia-Ilhéus para conferir de perto o que Sr. Badaró 5° estava realizando por aqui.

Diego ainda foi além. Levou também um pouco das amostras de seu cacau e seu chocolate para a cidade luz, Paris. Lá acontece todos os anos uma feira que é o ícone das feiras no assunto. É o Salão do chocolate.

Lá conseguiu impressionar os amantes do produto e aos organizadores da feira também. Resultado, nesse ano de 2011 a feira vai ser realizada aqui em nossa Bahia, mais precisamente em Salvador e em Itacaré. A data ainda não sei, mas tô antenada, pois essa não podemos perder. Chocolate, chocolate, chocolate!!!

Já me sinto orgulhosa dessa minha terra por vários motivos e esse fato da AMMA chocolate existir, só veio a somar.

Em 2010 fui na 3° edição da feira Nordeste Gourmet Bahia (feira de gastronomia), que aconteceu no Shopping Iguatemi. Lá tinha um Stand da AMMA chocolate (quase sair rolando de alegria) e aproveitei para comprar algumas barrinhas para minha família degustar. Mas vocês já encontram desse maravilhoso chocolate em várias porcentegens (30%, 45%, 50%, 60%, 75% e 85% de cacau) na Perini.

Só uma rápida explicação sobre a porcentegem de cacau no chocolate. Os chocolates convencionais só tem em sua composição 13% de cacau e o restante é gordura, leite, muito açúcar e alguns outros aditivos-zinhos.
Quanto maior a porcentegem de cacau no chocolate mais acentuado o sabor fica. Portanto, menos gordura, leite e açúcar. Se vocês degustarem um com 85%, provavelmente acharão "amargo", mas para quem não está acostumado é só degustar um com até 50% e assim ficará tudo bem.

Deixo aqui: o link do AMMA Chocolate, link com vídeo com o Sr. Badaró (3° vídeo), uma foto das embalagens (dos chocolates que comprei) que ainda guardo comigo e algumas que peguei na internet só para vocês terem uma idéia visual do assunto.

Um abraço


Stand da AMMA chocolate no Salão do chocolate em Paris 2010

Esses são os "meninos" do cacau, respectivamente, Badaró e Schilling


Fontes de leitura sobre o assunto: revista Muito do jornal A Tarde, revistas de gastronomia Prazeres da mesa, Menu e Gula.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Vai uma sobremesa aí?

Já gostaria de começar escrevendo, adoro sobremesa!!!

De todos os tipos e sabores. A minha combinação preferida é a quente e fria ou seja algo quente (bolo, tortinha, sopinha, Strudel, Crumble...) com algo frio, gelado (sorvete, Parfait, molhos...) numa mesma sobremesa.

Confiram algumas fotos de sobremesas que eu mesmo fiz para servir a amigos e familiares.

Abraço

Manjar branco de coco com sopinha de manga e maracujá
"Milfolhas" de pêra com molho inglês bem gelado
Tortinha de mousse de chocolate com sorvete de pistache
Tortinha (Tarte Tatin) quente de maçã caramelada com sorvete de nozes, couli de framboesa e crema de balsamico
Ravioli de chocolate amargo com recheio de chocolate branco, molho de laranja e sorvete de chá verde com amêndoas


A minha primeira vez num blog!!!

Olá a todos! essa é a primeira vez que escrevo no meu próprio blog. Tô muito contente!!!

Esse blog foi feito com o intúito de falar sobre gastronomia, sushi e cocadas.

Sou cozinheira de profissão, coração e paixão.

Estou preparada para estar em contato com tudo e todos que gostem de comer e beber por fome, sede e por arte.

Um abraço,

Queila
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...