terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Picolé de coco verde e a TV


Aqui é um blog de culinária/gastronomia. Eu sei, eu sei!

Por esses dias andei me lembrando de um filme alemão que assisti faz algum tempo. O título é Free Rainer - Dein Ferseher Lügt (- sua TV está mentindo ). Além de, como os canais de TV fazem para ter audiência, o filme mostra uma possibilidade (minha interpretação!), a de desligarmos a televisão para que possamos fazer coisas muito mais proveitosas, como ver um filme no cinema, ir ao museu, ir a um parque passar a tarde com seus filhos, ler, andar de bicicleta, encontrar amigos e muitas outras coisas legais (isso só foram algumas sugestões).

O filme começa mostrando as atitudes drásticas de um produtor de TV, o Rainer, interpretado por Moritz Bleibtreu (um gigante do cinema alemão). Ele não tá nem aí para o que faz de sua vida e ao que decide mostrar em seu canal de TV. No decorrer do filme, o Rainer "sofre" um acidente grave e apartir daí ele resolve enxergar o mundo com outros olhos e ter outras atitudes. O filme e o final dele, é algo que vocês mesmos poderão ver, se tiverem interesse. Eu super indico! Aqui o Trailer, infelizmente sem legendas :(

Sim, mas porque todo esse discurso do filme Queila? Respondo simples e diretamente. Acho que já passou da hora de decidirmos o que queremos para nossas vidas e a de nossos filhos. Deveriamos boicotar os canais de televisão.

Essa televisão brasileira é um fiasco total. Além de mostrar cenas de um estupro e o moderador do programa chamar isso de: o amor é lindo! Ela ainda incentiva a prática de tal ato. Claro, alguns homens de pouca índole e educação familiar deficiente, se sentirão incentivados. Olha aí parceiro, na TV mostrou e o cara negou e não deu em nadaaaaaa!

Sinto muito por você que lê esse texto, se estou sendo radical ou chata de mais, mas é que eu já estou completamente esgotada e chateada com a maneira em que se exibe (generalizando) a imagem da mulher nesse país/televisão. Além disso, já passou da hora de educar os meninos dizendo que as meninas vestem saias curtas e bebem demais, mas isso não quer dizer que eles devam estuprá-las.

Eu recomendo um texto que li ontém para que vocês leiam e reflitam!

Bom, chega de TV. Passeando por uma loja, encontrei as picoleteiras que tinha me comprometido em comprar. Elas são uma gracinha e muito fofas. Tem palitos de plástico coloridos que, por questões de higiene, provavelmente eu sempre irei substituir por palitos de madeira responsável.




Aqui em casa tinham três cocos verdes que meu marido comprou e além disso eu estava com muita disposição de não ver TV (eu disse chega de TV!) e inaugurar minhas formas de picolés ;)

Só para informar, eu não tenho televisão, só internet.

Picolé de coco verde
Rende 1.225 L

445g de coco verde (3 cocos), depois de limpo separa 70g para finalizar o picolé
200ml de leite de coco
150ml de leite de vaca integral
50ml de água
De 200 a 250g de leite condensando,
comece com 200g, se achar pouco doce coloque mais
150ml de água
200g de creme de leite uht
65g  de glucose de milho


Retirar a polpa dos cocos, limpar e separar as 70g para finalização do picolé.




Bater no liquidificador a polpa de coco, o leite de coco e de vaca e os 50 ml de água. Bata bastante para triturar toda a polpa de coco. Ficará uma massa densa cheia de gruminhos de coco. Passar por uma peneira com a ajuda de uma concha e retirar o excesso desses grumos. Usei a concha, pois a separação dos grumos é muito mais rápida. Renderá 615g dessa massa!


Limpe com água o liquidificador e continue usando-o. Retorne a massa de coco verde para o mesmo e junte o leite condensado, os 150ml de água e bata bastante.

Nesse meio tempo, coloque o creme de leite e a glucose para esquentar somente até que derreta a glucose. Não deixe ferver!!!

Junte o creme de leite glucosado à mistura do liquidificador ainda em movimento e deixe bater mais um pouco (até que esteja tudo misturado). Eu usei esse creme ainda quente, mas se você quiser, deixe esfriar.
Porcione a massa do picolé nas forminhas (deixando espaço para adicionar o coco na finalização) e leve para o freezer.





Quando o picolé estiver firme, mas ainda meio mole, coloque os palitos e o coco verde reservado cortado em cubinhos por cima. Empurre um pouco para que os pedacinhos de coco se fixem na massa do picolé. Retorne ao freezer para endurecer!




Quando os picolés estiverem totalmente congelados, ferva água em uma panela grande o suficiente para abrigar as formas. Mergulhe-as por alguns segundos nessa água fervente, retire a forma da água e retire os picolés com cuidado. Eu os coloquei em vasilhas de sorvete que tenho aqui em casa.

É importante que o picolé esteja totalmente congelado, caso contrário, eles iram derreter muito ao saírem da forma e poderão grudar uns nos outros dentro da vasilha!

Conserve os picolés dentro do freezer e sempre que quiser se deliciar com algo resfrescante é só ir buscar um picolézinho :)

Espero que vocês tenham gostado de minha aquisição e dos picolés também ;)

Um forte abraço




12 comentários:

  1. Oi Queila,
    que delícia! Nesse calor um picolé sempre cai bem!
    Bjs
    http://www.batalhagourmet.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Queila do céu...primeiro, vamos deixar o papo da tv pra lá, faz tempo que não tenho vontade nem de ligar ela.
    Agora menina, para preparar esse sorvetinho eu teria um problemão, não conseguiria juntar as polpas do coco...comeria tudo antes...cheguei a salivar aqui.
    Brincadeirinha...esse picolé deve ter ficado um luxo, que gostosura, Parabéns!
    Bjuss!!!

    ResponderExcluir
  3. Queila que receita maravilhosa é essa? Quero muito fazer.
    Sobre a tv: Você disse tudo, há muito tempo que não tem um programa que preste, realmente é lamentável.
    bju

    http://mademoisellebahia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Aquí es difícil hacer estos helados porque no hay el coco verde, pero en cuanto vaya a Imbassai lo hago seguro. Un beso enorme.

    ResponderExcluir
  5. Oi,vim conhecer seu Blog,amei e já estou super seguindo,parabêns por esse cantinho e muito sucesso aqui!

    Te convido para conhecer meu Blog e se gostar e puder seguir,será muito bem vinda,sinta-se em casa!

    Ah,tem 2 sorteios rolando por lá,participa! :)

    http://umamulherbemvestida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Nesse calor que faz em Salvador, um picolé desse cairia super bem!
    =)

    ResponderExcluir
  7. Oi Queila!

    Adorei essa ideia de usar o coco verde. Eu amo água-de-coco!!! Imagine esse picolé. Pena que por aqui (Sudeste, interiorrrr de SP) o tempo esteja mais para frio do que para calor... Mas, um sorvete desses a gente não nega, né?

    Não sei porque demorei tanto para conhecer o seu blog... já estou te seguindo, claro! E agora, não perco mais nada!

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  8. Queila, que delícia de receita! A água e carne do coco verde são muito gostosas e o picolé deve ser ótimo. Gostei das picoleteiras! Vou procurar por aqui.

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pela criatividade amei !! Irei fazer com certeza, pena que não tenho esta forminha tão linda!!! onde vc comprou ?


    Um abraço de sua seguidora Antonia Alves

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pela criatividade amei !! Irei fazer com certeza, pena que não tenho esta forminha tão linda!!! onde vc comprou ?


    Um abraço de sua seguidora Antonia Alves

    ResponderExcluir
  11. Adorei a receita, até porque sou alucinada por sorvetes e picolés. Já tratei de imprimir a receita e guardei no caderno que mantenho na cozinho, bem à palma da mão.
    Gostaria de saber onde vc comprou as formas para picolés?
    Obrigada pelas receitas maravilhosas e um fica com Deus. Um abraço,

    Fátima Silveira

    ResponderExcluir
  12. Obrigada meninas pelos elogios :)
    Comprei as fôrminhas numa loja chamada Le Biscuit lá em Salvador-Ba.
    Pode ser feito com copinhos descartáveis como aqui: http://www.gourmetegourmand.com/2012/01/picoles-da-manga-e-amendoim.html
    Um abraço

    ResponderExcluir

Adoro receber comentários! Sinta-se à vontade :) a cozinha é nossa!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...