terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Torta de crepe de chocolate e compota de peras


Planejar faz parte da rotina de nós pessoas, humanos (quase em geral!). Eu não sou diferente de ninguém, portanto planejo muitas coisas em minha vida também :) Acho que uma das coisas que mais me difere de uma pessoa normal, é que eu planejo todos os dias fazer uma torta ou sobremesa nova, hehe

Há muito tempo venho planejando fazer essa torta. Talvez não assim exatamente, mas era assim, com crepe!
Aproveitei as últimas peras que estavam aqui e unir o útil ao planejamento :o

Bom, até aí tudo bem, mas quando experimentei, tive a certeza que essa seria uma torta que eu não irei fazer novamente (se depender de mim, claro!).

Ela é bem bonita e a aparência é bem apetitosa. Também é gostosa, tá?!! O recheio de compota de peras ficou delicioso! O caso é que a textura não me agradou. O crepe ficou frio e sua massa endureceu, isso fez com que a textura ficasse propícia ao mastigamento contínuo , mas não é duro que nem concreto, é só, duro!

Da próxima vez servirei crepes de chocolate recheados com a compota e uma bola de sorvete :s Mesmo assim passarei a receita, pois vai que alguém pensa diferente né :)

Sabem aquela incógnita que falei aqui? Então, as coisas se resolveram :D e por conta disso ficarei sumida essa semana, mas semana que vem estarei de volta tá :) O e-mail está funcionando :)



Torta de crepe de chocolate e compota de peras
Para uma torta de 20cm Ø

Massa para o crepe de chocolate, retirei daqui!
Rendeu-me 13 crepes


210g de farinha de trigo sem fermento
30g de cacau em pó, de preferência acima de 50%
2 ovos
450ml de leite integral em temperatura ambiente
10g de açúcar
20g de manteiga sem sal derretida e morna


Peneire a farinha e o cacau em uma tigela grande e misture. Faça uma cova no meio.

Com um garfo, bata ligeiramente os ovos e acrescente-os à farinha com o cacau em pó peneirada. Junte ¼ do leite e o açúcar. Misture até que vire uma massa lisa e espessa.

Agora junte aos poucos o restante do leite mexendo sempre. Por fim, adicione a manteiga derretida e misture bem. Cubra com um filme plástico de PVC e deixe repousando na geladeira por duas horas.





Para fazer os crepes usei uma crepeira de 20cm Ø e um pouco de manteiga derretida sempre antes de fazer um novo disco. Fiz todos os crepes e deixei-os esfriando em cima de um tabuleiro coberto com papel manteiga. Pode ir colocando um disco em cima ou do lado do outro, pois não grudará!

Compota de peras
Rende aprox. 1.1 kg


1 kg de peras descascada e sem o meio
80ml de sumo de limão, pode usar uma parte do sumo para regar as peras enquanto as prepara
230g de açúcar demerara
5g de gelatina em pó sem sabor


Corte as peras em cubinhos, misture com o açúcar e o restante do sumo de limão. Leve para cozinhar em uma panela de fundo grosso (de preferência) em fogo médio.

Deixe cozinhando até que fique macio e o caldo diminua bastante, mas não seque por completo. Triture 1/4 da compota, misture tudo e deixe cozinhar mais um pouco. Deixe esfriar totalmente antes de usar.




Hidrate e dissolva a gelatina e misture à compota já fria. Isso dará um bocadinho de estabilidade à torta quando ela gelar.


Montagem

13 discos de crepe de chocolate
1.1 kg de compota de peras
200g de ganache de chocolate de sua preferência, opcional!
Cacau em pó para polvilhar


Espalhe um pouco de ganache em cima dos discos de crepe. Faça isso em todos os discos, mas um por vez tá!



Vá empilhando os discos de crepe (com ganache ou não) espalhando a compota (com cuidado e bem distribuidamente para que não fique torto ao final) a cada intervalo. Um disco de crepe e depois uma camada de compota!


No último disco, passe a ganache no crepe e coloque-o virado para baixo. Pressione levemente com as mãos e leve para a geladeira. Se ficar saindo um pouquinho de caldo de compota na base da torta, não tem problema, é só limpar com um pano úmido e levar a torta para a geladeira.

Polvilhe cacau em pó por cima e sirva.

Espero que tenham gostado :)

Um abraço grande :)



sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Fazendo macarons de chocolate!

Foto retirada do vídeo do macaron de chocolate do vídeo blog do Stéphane L'Écuyer!

Desculpem-me se com o título do post vocês pensaram que seria eu quem estaria apresentando, como fiz macarons de chocolate. Sorry!!!

Bom! Mas já deu para ver que se trata de um vídeo ;) Um vídeo em francês :s

Vira e mexe eu vejo esse vídeo (apesar de não entender quase nada de francês), pois eu acho legal ver todo o manuseio com os ingredientes e a maneira de preparo desse doce tão delicado e delicioso.

Quem quiser ler um tutorial sobre macaron de tirar o chapéu, então clica aqui. Vocês iram entrar diretamente no mundo incrível do Com uma pitada de açúcar da querida e doce Stefânia Barreto. Acho que nem preciso escrever mais nada né ;)

Deixo também os links para o vídeo blog do Stéphane L'Écuyer (que eu sempre estou visitando) e o do atelier La Guilde Culinaire (tem em inglês) para vocês :)

Divirtam-se com o vídeo e um ótimo fim de semana para todos vocês :)

Um forte abraço :)

 
Clique duas vezes em cima do vídeo para vê-lo em tamanho original!

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Sanduíche de gorgonzola e cebola "caramelada"


Já faz alguns meses que eu estou passando por uma situação bem chata, mas parece (por motivos do além) que necessária. Ainda não captei o que devo aprender com isso, mas pode também ser um teste de resistência. Se for isso, estou me saindo bem :) Desculpem a incógnita!

Uma amiga que (não vejo faz 2 anos e meio) está de férias aqui em Salvador entrou em contato e marcamos de ir à praia hoje (24/01) pelo final da tarde. O clima estava bastante propício e achei uma boa idéia :) Além de ter o prazer de rever uma amiga querida, é claroooo :)

Como eu não estava afin de gastar na praia comprando coisas gostosas, mas muito gordurosas (na maioria das vezes!) e que meu filho não iria comer, pensei em organizar umas delícias rápidas e práticas para levar. E assim foi ;)

Pensei em sanduíche e salada. O sanduíche foi uma invenção que fiz com ingredientes que já tinha aqui e o maridão correu no mercado para comprar os ingredientes para a salada.

Tudo ficou pronto bem rapidinho e logo depois fomos a praia :)

O cardápio: esse sanduíche que vos apresento hoje, uma salada composta de alface, pepino, tomate cereja, manga, ovo e molho de atum com salsinha, água, sucos e danoninho que levei extra, caso Cadu não comesse nada.



Sanduíche de gorgonzola e cebola “caramelada”

Creme de gorgonzola
Rende 240g


100g de gorgonzola
100g de creme cheese
, se quiser um sabor mais acentuado de gorgonzola, coloque somente 50g
40g de iogurte natural
Sal e pimenta do reino moída na hora à gosto


Misturar todos os ingredientes num bowl de vidro e reservar na geladeira coberto com um filme de PVC.




Cebola “caramelada”
Rende 210g


385g de cebola em tiras
Um pouco de óleo e sal


Coloque uma frigideira (antiaderente de preferência) para aquecer e logo depois o óleo.

Coloque as tiras de cebola e quando a mesma estiver meio transparente, polvilhe um pouco de sal e misture.

Deixe que continue o cozimento até que todas as tiras estejam douradas escuras. Deixe sempre em fogo médio para que não queime. A cebola irá desenvolver um sabor adocicado muito gostoso e o sal só irá realçar isso ;) Use morno, quase frio.



Montagem

Pão
Creme de gorgonzola
Cebola “caramelada”


Passe generosamente o creme de gorgonzola sobre um das fatias do pão e na outra só um pouco, espalhe um punhado de cebola caramelada, feche o pão e sirva :P





Eu reservei em uma vasilha plástica na geladeira e no Box refrigerado até comermos. Ficou friozinho e bem gostoso :P Se preferir enrole os sandubas em saquinhos de papel ou plástico.

Você também pode usar essa combinação e montar canapés ao invés de sanduíches ;)

Eu usei um pão de massa mais densa e com uma casquinha crocante e ao provar o sanduíche achei que deveria ter espalhado mais do creme de gorgonzola, pois tinha mais sabor de pão e da cebola :s Mas nada que na próxima vez eu não retifique ;) Para meu gosto, o sabor do creme de gorgonzola estava no ponto!

Espero que tenham gostado :)

Um forte abraço para vocês :)




sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Bolo com peras

Uma homenagem ao blog Dulces bocados :)

Na quarta feira passada meu maridon resolveu comprar todo o estoque de peras portuguesas de um supermercado daqui das proximidades. Ele achou que porque as danadas estavam custando R$ 2,00 o quilo, ele deveria levar tudo para casa.



Muito bom da parte dele não ter trazido todo os 5 kg de pera maduras, se não eu teria que fazer doce de pera aos bocados.

Bom, o que decidi fazer com 6 unidades das peras que ele trouxe foi esse bolinho. Simples, fácil e ainda ficou muito molhadinho e de quebra pode-se sentir o sabor de? Peras! Sábia decisão!

Olha, vocês não reparem não se derrepente surgir por aqui uma série de posts com peras :s


Bolo com Peras
Para uma forma de fundo removível de 25 cm Ø e 5 cm alt.

6 peras pequenas, 1 unid pesava em média 87g
Sumo de uma banda de limão
, menos que isso!
200g de açúcar
200g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
4 ovos
1 pitada de sal
1 col. chá de essência de baunilha
2 col. chá de fermento para bolo
200g de farinha de trigo
Açúcar demerara para cima das pêras
, opcional


Descasque as peras, corte ao meio e retire o centro da fruta. Tome cuidado para retirar só o necessário. Reserve em um bowl de plástico ou vidro e pingue algumas gotinhas de sumo de limão por cima. Não demore para usar!


De preferência faça a Mise em place dos ingredientes e deixe o forno pré aquecendo a 180°C antes de tratar as peras.

Prepare a forma com papel manteiga no fundo (deixe uma pequena borda sobre saliente) e manteiga e farinha dos lados. Em um bowl bata o açúcar e a manteiga até obter uma massa fofa e esbranquiçada.

Acrescente ovo por ovo batendo a cada adição. Ainda batendo, junte o sal e depois a essência de baunilha.

Por fim, com a ajuda de um garfo misture o fermento à farinha e peneire tudo de uma só vez em cima da massa de açúcar, manteiga e ovos. Bata rapidamente só até a farinha se agregar à massa (ficar tudo homogêneo).


Disponha a massa na forma e espalhe-a uniformemente. Agora coloque as peras e espalhe um pouquinho de açúcar demerara por cima. Assim que o açúcar derreter, ele irá trazer um dulçor especial para as peras.

Um pequeno armengue que fiz juntando uma forma canelada com um aro :s



Leve para assar por 40, 50 minutos (faça o teste do palito antes de tirar do forno!). Retire o bolo do forno e coloque-o em cima de uma grade e deixe até que amorne. Depois é só retirar o bolo da forma e colocar em cima de um prato para servir.



Eu decidi espalhar um pouco de açúcar de confeiteiro (sem amido!) por cima do bolo. Mas você pode deixá-lo sem nada por cima e servir com algum molhinho de chocolate ou com o que você preferir.

Espero que tenham gostado :)

Um abraço e um ótimo final de semana para vocês :)




terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Picolé de coco verde e a TV


Aqui é um blog de culinária/gastronomia. Eu sei, eu sei!

Por esses dias andei me lembrando de um filme alemão que assisti faz algum tempo. O título é Free Rainer - Dein Ferseher Lügt (- sua TV está mentindo ). Além de, como os canais de TV fazem para ter audiência, o filme mostra uma possibilidade (minha interpretação!), a de desligarmos a televisão para que possamos fazer coisas muito mais proveitosas, como ver um filme no cinema, ir ao museu, ir a um parque passar a tarde com seus filhos, ler, andar de bicicleta, encontrar amigos e muitas outras coisas legais (isso só foram algumas sugestões).

O filme começa mostrando as atitudes drásticas de um produtor de TV, o Rainer, interpretado por Moritz Bleibtreu (um gigante do cinema alemão). Ele não tá nem aí para o que faz de sua vida e ao que decide mostrar em seu canal de TV. No decorrer do filme, o Rainer "sofre" um acidente grave e apartir daí ele resolve enxergar o mundo com outros olhos e ter outras atitudes. O filme e o final dele, é algo que vocês mesmos poderão ver, se tiverem interesse. Eu super indico! Aqui o Trailer, infelizmente sem legendas :(

Sim, mas porque todo esse discurso do filme Queila? Respondo simples e diretamente. Acho que já passou da hora de decidirmos o que queremos para nossas vidas e a de nossos filhos. Deveriamos boicotar os canais de televisão.

Essa televisão brasileira é um fiasco total. Além de mostrar cenas de um estupro e o moderador do programa chamar isso de: o amor é lindo! Ela ainda incentiva a prática de tal ato. Claro, alguns homens de pouca índole e educação familiar deficiente, se sentirão incentivados. Olha aí parceiro, na TV mostrou e o cara negou e não deu em nadaaaaaa!

Sinto muito por você que lê esse texto, se estou sendo radical ou chata de mais, mas é que eu já estou completamente esgotada e chateada com a maneira em que se exibe (generalizando) a imagem da mulher nesse país/televisão. Além disso, já passou da hora de educar os meninos dizendo que as meninas vestem saias curtas e bebem demais, mas isso não quer dizer que eles devam estuprá-las.

Eu recomendo um texto que li ontém para que vocês leiam e reflitam!

Bom, chega de TV. Passeando por uma loja, encontrei as picoleteiras que tinha me comprometido em comprar. Elas são uma gracinha e muito fofas. Tem palitos de plástico coloridos que, por questões de higiene, provavelmente eu sempre irei substituir por palitos de madeira responsável.




Aqui em casa tinham três cocos verdes que meu marido comprou e além disso eu estava com muita disposição de não ver TV (eu disse chega de TV!) e inaugurar minhas formas de picolés ;)

Só para informar, eu não tenho televisão, só internet.

Picolé de coco verde
Rende 1.225 L

445g de coco verde (3 cocos), depois de limpo separa 70g para finalizar o picolé
200ml de leite de coco
150ml de leite de vaca integral
50ml de água
De 200 a 250g de leite condensando,
comece com 200g, se achar pouco doce coloque mais
150ml de água
200g de creme de leite uht
65g  de glucose de milho


Retirar a polpa dos cocos, limpar e separar as 70g para finalização do picolé.




Bater no liquidificador a polpa de coco, o leite de coco e de vaca e os 50 ml de água. Bata bastante para triturar toda a polpa de coco. Ficará uma massa densa cheia de gruminhos de coco. Passar por uma peneira com a ajuda de uma concha e retirar o excesso desses grumos. Usei a concha, pois a separação dos grumos é muito mais rápida. Renderá 615g dessa massa!


Limpe com água o liquidificador e continue usando-o. Retorne a massa de coco verde para o mesmo e junte o leite condensado, os 150ml de água e bata bastante.

Nesse meio tempo, coloque o creme de leite e a glucose para esquentar somente até que derreta a glucose. Não deixe ferver!!!

Junte o creme de leite glucosado à mistura do liquidificador ainda em movimento e deixe bater mais um pouco (até que esteja tudo misturado). Eu usei esse creme ainda quente, mas se você quiser, deixe esfriar.
Porcione a massa do picolé nas forminhas (deixando espaço para adicionar o coco na finalização) e leve para o freezer.





Quando o picolé estiver firme, mas ainda meio mole, coloque os palitos e o coco verde reservado cortado em cubinhos por cima. Empurre um pouco para que os pedacinhos de coco se fixem na massa do picolé. Retorne ao freezer para endurecer!




Quando os picolés estiverem totalmente congelados, ferva água em uma panela grande o suficiente para abrigar as formas. Mergulhe-as por alguns segundos nessa água fervente, retire a forma da água e retire os picolés com cuidado. Eu os coloquei em vasilhas de sorvete que tenho aqui em casa.

É importante que o picolé esteja totalmente congelado, caso contrário, eles iram derreter muito ao saírem da forma e poderão grudar uns nos outros dentro da vasilha!

Conserve os picolés dentro do freezer e sempre que quiser se deliciar com algo resfrescante é só ir buscar um picolézinho :)

Espero que vocês tenham gostado de minha aquisição e dos picolés também ;)

Um forte abraço




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...