segunda-feira, 30 de abril de 2012

Bisnaguinha



Um pãozinho gostoso, feito em casa, saido do forno e comido com manteiga e café com leite. Ai que eu fiquei com água na boca de novo :s

Eu não sou uma profissional que nem a Carla Maicá do Cucina Artusiana na feitura de pães (a prova está aqui!), mas me viro de vez em quando. Pego receitas que conheço e dou uma acrescentada aqui e uma retirada ali e de vez em quando a coisa sai boa.

Foi o caso dessa bisnaguinha. Que na verdade foi pensada para comer com cachorro quente, mas foi devorada de várias formas e com vários acompanhamentos.


Bisnaguinha
Renderam 29 bisnaguinhas

875g de farinha de trigo sem fermento + eventualmente para na hora de sovar a massa
125g de farinha de trigo integral
1 ½ col. de chá de sal
1 col. de chá de açúcar
300ml de água morna
300ml de leite integral
80g de manteiga sem sal
10g de fermento químico instantâneo
ou 40g de fermento biológico fresco
1 gema + 1 col. de chá de leite
misturados para pincelar as bisnaguinhas

Em um bowl grande e fundo misture as farinhas, o sal e faça uma cova no meio . Se possível peneire as farinhas para retirar eventuais corpos estranhos.

Bom! Eu faço assim. No caso do fermento instantâneo eu o misturo somente com a quantidade da farinha que está no meio da cova e então o hidrato com 50% dos líquidos sem misturar tudo (de preferência só com água), só misturo no perímetro do meio da cova. Deixo descansar uns dez minutos e então continuo adicionando o restante dos líquidos e os outros ingredientes. Desta vez eu fiz assim!



Quando faço pão com fermento fresco, nesse caso que a receita tem leite, eu o dissolvo em uma pequena quantidade de leite morno junto com uma colher de café de açúcar. Só deixo até que dissolva todo o fermento. Daí eu coloco uma parte dos líquidos no meio da cova e então venho com o fermento dissolvido misturando tudo. Em minha opinião o fermento fresco é o melhor para fazer pães.

Coloque o leite para amornar em fogo bem baixo e quando estiver morno junte a manteiga e deixe-a até que se dissolva 50% da quantidade usada. Desligue o fogo e espere amornar mais ainda, caso tenha ficado um pouco quente.


Agora coloque todo o restante dos líquidos no centro da cova onde o fermento instantâneo ficou descansando. Junte o açúcar e comece a misturar tudo até que fique pronto para colocar tudo em uma pedra e começar a sova.





Sove a massa vigorosamente, mas com jeitinho. Se precisar use um pouco mais de farinha. Faça isso por uns 10 ou 15 minutos. Cubra com um pano úmido e deixe descansar até triplicar de tamanho em um local escuro e livre de ventos.




Eu ainda cobrir com uma assadeira para não escapar nenhuma umidade!



Agora porcione a massa para fazer as bisnaguinhas. 60g é suficiente para uma bisnaguinha nem muito grande e nem muito pequena. 

Vá porcionando a massa e retorne o pedaço ao bowl onde a massa descansou . Faça isso até estar tudo porcionado. Cubra o bowl com o pano úmido e vá pegando pedaço por pedaço para modelar.




Modele cada pedaço e vá colocando-os na assadeira que irá assá-los. Não se esqueça de untar e enfarinhar a assadeira. Eu usei folha antiaderente.

Para modelar eu estiquei o pedaço de massa, o deixei em forma de retângulo e fui enrolando. Depois coloquei a bisnaguinha na assadeira com a abertura fechada para baixo ou seja aquela parte onde a massa juntou-e a outra no momento em que modelei a bisnaguinha.






Bisnaguinhas todas modeladas. Cubra-as com o pano úmido e as deixe descansando até dobrar de tamanho. Isso não funcionou muito bem com o fermento que usei, mas deu uma crescidinha.

Bisnaginhas todas descansadas. Misture a gema com o leite e pincele-as com cuidado antes de levar ao forno. Eu costumo deixar uns 5 minutos secando antes de assar.



Asse as bisnaguinhas em forno preaquecido durante 10 minutos a 200 °C e depois baixe a temperatura para 180 °C e deixe assar por mais 15 ou 20 minutos. Isso vai de forno. Eu coloquei uma forminha com água no forno durante todo o tempo de assamento.

Assim que assadas, coloque-as em uma grade para esfriar e então pode comê-las com o que preferir.

Espero que tenham gostado :)

Um forte abraço e uma ótima semana :)



Visitem o site do Doce Melange e curtam a página no Facebook!

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Bolo tropical invertido


Hoje trago-lhes uma novidade da parceria com a editora Larousse. Que é o bolo que fiz baseado na receita de pão de ló invertido com frutas vermelhas do livro feito em casa do Eric Lanlard.

Gente, esse livro é muito legal. Depois de ter lido, eu tive a maior dificuldade de me decidir por uma receita para colocar aqui no blog. No finalzinho do texto de introdução do livro, o autor recomenda que sigamos atentamente as receitas, sempre usar ingredientes de boa qualidade e acima de tudo, divertir-se. Foi o que fiz!

 
O livro apresenta as receitas de uma maneira bem descomplicada e descontraída. O autor deixa sempre uma brecha para nossa fantasia e criatividade. Por isso que no final acabei escolhendo esse bolo. Que na verdade está intitulado como pão de ló, mas em minhas lembranças gustativas, um pão de ló deve ser bem esponjoso e leve. A massa feita para esse bolo tem textura e gostinho daquele bolo simples feito pela mamãe ;)

E como estamos no Brasil, claro que escolhi a variação com nossas frutas... e o morango também já foi batizado por dona Benta ;)

 
Bolo tropical invertido

O livro indica usar uma forma rasa, de aro removível de 22cm Ø, para 8 pessoas. Eu fiz a mesma receita e usei uma forma funda, com fundo removível , de 26cm Ø e deu certo. Ainda rendeu 12 fatias.

200g de manteiga sem sal amolecida (temp. ambiente) + o suficiente para untar a forma
200g de açúcar demerara
5 ovos em temperatura ambiente
200g de farinha de trigo peneirada
300-400g de frutas tropicais
, nesse caso usei manga, goiaba, abacaxi, banana, maracujá e morango
50g de glucose de milho ou mel, eu usei mel Karo

Preaqueça o forno a 180 °C. Unte a forma com um pouco de manteiga e forre-a com papel manteiga.

Em uma tigela grande, bata a manteiga e o açúcar com a batedeira na velocidade média-alta, até ficar cremoso. Incorpore os ovos, um a um. Por fim, misture a farinha peneirada, com uma colher grande de silicone.


Distribua as frutas no fundo da forma forrada. Regue com a glucose de milho, então, despeje a massa e espalhe-a uniformemente. Leve para assar em forno preaquecido por 1 hora, ou até que o bolo esteja assado. Deixe o bolo esfriar enformado e retire-o da forma. Retire o papel manteiga com cuidado e pode servir.




O autor ainda dar dicas de fazer o mesmo bolo com peras aromáticas ou ameixa fresca. Na próxima vez tentarei com ameixa, pois amo de paixão. E também usarei uma colherzinha de chá de fermento, para deixar a massa ainda mais fofinha.

O sucesso é G A R A N T I D O. Todos aqui gostaram. O marido perguntou, tem bis? :)

Espero que tenham gostado :)

Um abraço e uma ótima semana para todos :)




Visitem o site do Doce Melange e curtam a página no Facebook!

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Doce Melange



É com muito prazer que anuncio o nascimento do Atelier Doce Melange para vocês :)

Vocês bem sabem e conhecem o amor que tenho pela minha profissão. Sabem também que eu adoro um doce né, hehe. Pois é, então eu quero dizer a vocês que agora é oficial, a Doce Melange nasceu :) Foi devido a isso que o rítimo dos posts diminuiu, que eu ando sumida nos blogs amigos e que semana passada não teve post. Estava terminando de "arrumar a casa".

Eu já venho, faz algum tempo, fazendo encomendas de tortas e sobremesas para conhecidos, desconhecidos, amigos e parentes. Agora continuarei fazendo, só que com uma carinha mais profissional e um jeitinho mais acolhedor, pois poderei atender mais que uma pessoas por vez ;)

Não acho que seria bom relatar aqui todos os percalços que passei (passamos-família) no último ano até chegar aqui, mas acho bem legal dizer que o Atelier Doce Melange é a conquista de um desejo e como em muitas conquistas, não foi fácil. Bom assim, pois hoje me sinto preparada para levar adiante essa pequena empresa que já amo com todo meu coração.

Sem demora, já vou logo convidando vocês a visitarem o site e curtirem a página do facebook. Lá vocês irão encontrar, informações sobre o atelier, fotos deliciosas, o nosso contato e ter uma experiência nova :)

Então, o que vocês estão esperando?

Um forte abraço e uma ótima semana :)

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Panquecas recheadas com frango e grão de bico ao molho de tomate


Hoje eu cozinhei na casa de minha mãe. Como eu quase “nunca” estou por lá, hoje resolvi tomar as rédeas do fogão e dar uma folga a minha mamis.

Folga vírgula, pois ela sempre arranja algo para fazer né ;s. E como lá em casa sempre tem bastante gente, resolvi fazer essas panquecas que eu tinha certeza que encheria a barriga de todo mundo. Todos comeram bem e ficaram elogiando :)

Mas não é que ainda sobrou :) Um obrigada carinhoso a minha cunhada Lili que me ajudou desfiando o frango e virando os discos de crepe ;)

O bom de cozinhar na casa da mamis é que além de ter a companhia de todos lá, a extensão da cozinha é uma área bem ventilada e bem iluminada :) 


Panquecas recheadas com frango e grão de bico ao molho de tomate
Rende dois refratários grandes cheios da delícia

Massa da panqueca daqui!
Rende de 17 a 18 discos de panquecas de 20 cm Ø
250g de farinha de trigo sem fermento
1 col. de chá rasa de sal
4 ovos
600 ml de leite
Um pouco de óleo para untar a assadeira

Em um bowl, peneire a farinha e misture o sal. Faça uma cova no meio da farinha e reserve. Em uma tigelinha, coloque os ovos e bata rapidamente para que se misturem. Meça o leite.


Coloque os ovos batidos na “cova”, junte um terço do leite e misture tudo muito bem. Depois continue misturando e vá colocando o restante do leite por completo.




Cubra o bowl com um filme de PVC e leve a massa para descansar na geladeira por no mínimo 30 minutos ou de um dia para o outro antes de usar.

Retire a massa da geladeira, misture bastante e reserve fora da geladeira. Aqueça a uma frigideira plana antiaderente ou uma para crepes.  Antes de cozer um disco de panqueca, mele a frigideira com o auxílio de um pincel de silicone ou papel toalha mesmo com óleo. 

Faça os discos de panquecas, vá colocando espalhadamente sobre uma assadeira grande e espere esfriar antes de usar.

Você pode preparar os discos para as panquecas no dia anterior e reservar na geladeira. Não se esqueça de cobrir direitinho para não ressecar. Eles não grudarão uns nos outros.

Molho de tomate
Rende bastante molho 

5 col. sopa de azeite de oliva
1 cebola média picada
1 dente de alho grande picado
1 e ½ kg de tomates maduros bem cortadinhos
1 col. de chá rasa de sal
340g de molho de tomate pronto,
eu usei pomarola natural clássico
½ maço de salsinha grosseiramente picada
1 col. sopa de orégano seco

Aqueça uma panela funda, adicione o azeite, refogue a cebola e depois junte o alho. Refogue isso tudo muito bem.

Junte o tomate, misture e deixe refogando até que fique bem macio e solte bastante líquido. Acrescente o sal. Agora adicione o molho de tomate pronto, misture e deixe cozinhando até que fique tudo muito bem cozido. Mexa de tempo em tempo.

Por fim acrescente a salsinha, o orégano, misture e desligue o fogo. Reserve destampado para que esfrie um pouco.


Recheio de frango com grão de bico
Rende bastante recheio

1 kg de peito de frango sasimi (aquele contra filé que fica em baixo do peito do frango), temperado com sumo de limão, sal e alho
Azeite de oliva
, o suficiente para assar o frango em uma frigideira e 2 col. de sopa para refogar o recheio
1 cebola pequena picada
1 dente de alho pequeno picado
400g de creme de leite leve
, esse creme de leite deve agüentar cozimento
100 ml de água
1 tablete de caldo de galinha
180g de grão de bico em lata
100g de azeitona grosseiramente cortada
½ maço de salsinha grosseiramente picada
Pimenta do reino moída na hora à gosto 

Aqueça uma frigideira e asse os pedaços de frango até que fique dourada de cada lado. Vá colocando em cima de um prato grande e deixe esfriar. Agora desfie o frango e reserve.


Refogue a cebola e o alho em uma panelinha junto com o azeite. Acrescente a água e o tablete de caldo de galinha e deixe dissolver. Junte o creme de leite e espere levantar fervura. 

Acrescente o grão de bico e a azeitona e deixe reduzir até que fique bem espesso. Misture a salsinha e a pimenta e desligue o fogo. Deixe esfriar um pouco e misture esse molho denso ao frango desfiado. Misture tudo muito bem e deixe esfriar antes de usar.



Montagem

Discos de panquecas
700g de queijo mussarela fatiado
Recheio de frango
Molho de tomate

Pré aqueça o forno a 200 – 205°C.

Espalhe uma camada fina de molho de tomate sobre a superfície de dois refratários grandes e reserve.


Para as panquecas, coloque um disco de crepe sobre a tábua de cortar ou mesa. Por cima, mais ou menos no centro do disco uma fatia de queijo, um pouco do recheio (pode ser generosa (o)) e comece a enrolar.




Prepare todas as panquecas dessa forma e disponha-as nos refratários já cobertos com molho de tomate.
 
Por fim espalhe o restante de molho por cima das panquecas, rasgue as fatias de queijo restantes  e espalhe por cima de todas as panquecas. 


Leve para assar por uns 40 minutos, somente para que fique tudo quentinho e o queijo derreta. Sirva assim que sair do forno.

Desculpem a falta de números nos rendimentos, é que cozinhei num rítimo rápido.

Espero que tenham gostado :)

Um forte abraço e bom feriado para todos :)




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...