quarta-feira, 30 de maio de 2012

Doce Melange na boca dos blogs!

Desta vez o Doce Melange está no Batalha Gourmet confiram ;)

Batalha Gourmet: Atelier Doce Melange 

Um abraço :)



Visitem o site do Doce Melange e curtam a página no facebook!

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Bolo de formatura do meu pai



No último sábado, 25/05/12, pude presenciar um evento muito importante na vida de todos nós aqui de casa, a formatura de meu pai.
 
Ele tem 51 anos de idade e nunca deixou de lado a hipótese de voltar a estudar. Na época em que teve de escolher entre continuar estudando ou ajudar a mãe dele em casa junto com seu irmão mais velho, pois o seu pai havia deixado o lar e os filhos, estava concluindo o 2° grau completo no curso técnico em administração. No sábado ele recebeu o diploma do curso superior em tecnologia de gestão de recursos humanos e estava em puro estado de felicidade.
 
Não era pra menos. Desde que conheço meu pai, há 31 anos, ele sempre passou uma imagem de gente do bem, esforçado, quase nunca se queixou das dificuldades, paciente, de boa índole e de coração imenso. Eu sou uma afortunada por ter pais tão competentes, que sempre se esforçaram em passar para nós que na vida agente pode tudo, é só querer.

Eu sou muito grata de sempre ter tido os exemplos de meus pais diante de mim e poder me guiar neles. Sou grata pelos irmãos que eles me deram e pela família unida que eles conseguiram construir. É muito bom saber que tenho alguém que lutou por mim, que apostou e ainda continua apostando em mim, que me ama.  

Meus pais!

O sentimento de orgulho que sinto pela sua atual conquista quase que não cabe em mim. Fico imensamente feliz em poder ter vivido esse dia, onde eu pude ver meu pai se formando e realizando seu sonho.

No sábado ele esteve bem emotivo durante todo o dia, pois há pouco tempo perdeu sua mãe e com certeza era uma das pessoas que ele queria que estivesse presente. Logo no início da tarde quando mostrei o bolo que fiz para ele, novamente se emocionou e realizou que minha avó estava sim presente. Ela era uma daquelas mulheres de garra e força, que criou todos os 5 filhos sem ajuda do marido. Ela passou para ele tudo de importante que um homem precisa aprender.



A decoração do bolo foi toda feita a base de chocolate!
 
Minha avó era também muito caprichosa e fazia tudo com muito esmero e primor. Eu aprendi muito disso com ela. Procurei fazer um bolo bem bonito, mas acima de tudo, com muito amor, para que meu pai sentisse isso ao ver o mesmo. 

Quero deixar aqui registrado o amor que tenho pelos meus pais e família. Eles são minha base, meus exemplos de vida.

Desejo a vocês uma ótima semana :)

Um abraço :)

Mesa pronta para o brinde depois da cerimônia! O bolo entrou depois...



Interior do bolo!

Olhem só a produção de Cadu :) Ele não deixou eu colocar a camisa dentro da calça...

Eu e meu fofucho Cadu =)

Visitem o site do Doce Melange e curtam a página no facebook!

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Mais notícias do Doce Melange!

Oi gente :)

Comunico a vocês que tem mais notícias do Doce Melange nos blogs Culpada, Confesso! e Santa Comida. Vale a pena dar uma conferida ;)

Culpada, Confesso! - Torta Ouro de Chocolate, uma preciosidade!

Santa Comida - Atelier Doce Melange

Um abraço e uma ótima semana para vocês :)


Visitem o site do Doce Melange e curtam a página no facebook!

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Bolo de cenoura, chocolate e banana


Nas últimas semanas venho aprendendo muita coisa com meu mais novo empreendimento, o meu atelier

Muita coisa está acontecendo e eu estou muito contente com tudo isso, mas sabe, não é euforia o que sinto. É simplesmente felicidade junto com serenidade.

Sei que tudo está se encaixando e se erguendo como deve ser. Sinto que a base está sendo construída de forma sólida e forte. Acho isso importante para um futuro longo ;)

Não é muito cedo para afirmar tais coisas? Indaguei-me! Não, respondi. Pois a afirmação não vem só de mim, vem também das pessoas e clientes que estão experimentando meus produtos. 

Sinto muita alegria de no momento ainda está podendo fazer as entregas eu mesmo, pois posso ver no rostinho das pessoas que recebem sua torta ou doce uma alegria como se estivessem recebendo algum presente especial. 

É por isso que acho que vale muito trabalhar com ingredientes de boa qualidade, com cuidado e zelo e principalmente com amor. 

No momento eu só tenho a agradecer. Agradecer a minha família querida, meu maridão e filho, meus amigos virtuais e não virtuais, meus parentes e aos clientes do Doce Melange. 

Obrigada :) Ofereço essa nova experiência, o bolo, a vocês :)


Bolo de cenoura, chocolate e banana
Para uma forma com furo de 25 cm Ø

200g de açúcar refinado
200g de manteiga sem sal
na temperatura ambiente
1 pitada de sal
5 ovos
300g farinha de trigo sem fermento
1 ½ col. sopa de fermento para bolo
±
100 ml de leite integral, se preferir una a essa quantidade de leite 1 col. sopa de sumo de limão e deixe descansar por 10 minutos antes de usar
120g de banana
15g de cacau em pó
, eu usei aquele com 100% cacau
±
45 ml de sumo de cenoura

Prepare todos os ingredientes antes de começar a fazer o bolo. Para obter o sumo de cenoura eu triturei, bem triturado, 123g de cenoura descascada com uns 80 ml de água. Coei com a ajuda de um pano fino e utilizei metade do sumo e 1 col. sopa do bagaço na parte da massa com cenoura. O restante do sumo tomei com suco ;)




Bati na batedeira (vel. média) a manteiga com o açúcar e o sal até que ficasse esbranquiçado e fofo. 

Adicionei ovo por ovo e deixei bater um pouco após cada adição. Misturei o fermento á farinha, troquei o batedor da batedeira de globo para raquete e adicionei toda a farinha com fermento de uma vez na batedeira e deixei bater até que ficasse tudo homogêneo.

Coloquei o forno para aquecer!


Separei duas quantidades “iguais” dessa massa em outros 2 bowls menores e deixei uma pequena quantidade no próprio bowl da batedeira.  

Na quantidade que ficou no bowl da batedeira coloquei um pouco do leite (eu diria 40 % da quantidade pedida) e misturei junto com o cacau em pó. Reservei.


Em uma das partes iguais coloquei o restante do leite e misturei junto com a banana, que para evitar que ficasse escura, tinha acabado de amassar. Reservei.


Na parte restante de massa misturei ± 45 ml de sumo de cenoura junto com 1 col. sopa do bagaço da cenoura. Reservei.


Despejei no fundo da forma, com cuidado, a massa com cenoura. Com uma colher de sopa fui arrumando a massa de chocolate somente no meio da massa de cenoura e por fim cobri tudo com a massa de banana.
Levei para assar em forno pré aquecido a 180 °C por uns 45 minutos.




Depois de assado, deixei o bolo uns 20 minutos na forma, depois desenformei e deixei terminar de esfriar em cima de uma grade.

Arrumei tudo para tirar as fotos do bolo pronto sem a menor certeza se tinha ficado bom e para a minha alegre surpresa, ao cortar o bolo percebi que tinha ficado bem bom. Explico! Ao fazer o teste do palito antes de retirar o bolo do forno eu senti (ao espetar o bolo) um pouco sólido demais. Nesse momento tinha esquecido que não amassei muito bem a banana e pensei: ai meu deus, o bolo solou! 

O resultado de minha experiência foi um bolo novo para minha lista, com sabor agradável e não muito doce. Ideal para lanchar junto com uma taça de chá ou café :)

Espero que tenham gostado :)

Um abraço e uma ótima semana para vocês :)

 


Visitem o site do Doce Melange e curtam a página no facebook!

terça-feira, 8 de maio de 2012

Atelier na mídia!

O Doce Melange saiu na mídia de novo :D Olhem só aonde agora: no blog Comer Rezando!

Confiram :)

Comer Rezando, Doce Melange Atelier


Visitem o site do Doce Melange e curtam a página no facebook!
 

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Michel Roux, eu e as bombas



Que título! Pois é isso mesmo! A editora Larousse me presenteou com essa delícia de livro.

O livro foi mais um daqueles que me tirou do sério, pois ficou quase impossível escolher uma receita para estreá-lo aqui nesse meu cantinho. Sim, estreá-lo! Pois pretendo trazer mais delícias do livro para vocês. 
Super recomendo para quem quer mergulhar nas várias receitas base do mestre Roux que podem dar origem a uma bela sobremesa ou a um belo lanche salgado ou, até mesmo a uma bela refeição. 


Escolhi essa disciplina, que é a massa choux, pois eu nunca havia feito bombas (ou éclair) em minha vida e nem mesmo as degustei antes. Para não dizer que nunca comi... uma vez degustei aqui no cantinho do Ricardo, que é todo fette di amore. Ele simplesmente me noucateou com aquelas imagens. Foi só atravéz da tela!!!

Então quero convidá-los para verem como foi a minha primeira vez com os éclairs (ou bombas), com todo o respeito :)


Bombas com recheio de baunilha e cobertura de chocolate
Para 13 e ½ generosas bombas 

Eu fiz a receita inteira e me rendeu 13 bombas de 12cm de comprimento e uma bolinha de Carolina. O recheio de creme de baunilha só será suficiente para encher metade das bombas e as outras eu degustarei com algum recheio salgado como também vem sugerido no livro. Se fizer fotos mostro depois, pois vou comer ainda hoje ;)

Creme de confeiteiro (comecei pelo creme, pois demora para esfriar)
Rende aprox. 400g,
receita daqui!

200ml de leite
40g de açúcar
2 gemas
15g de amido de milho
12g de manteiga
1 col. chá de essência de baunilha

Coloque o leite para ferver. Se você resolver usar fava de baunilha, então essa é a hora de aromatizar a receita. Retire o interior de ½ fava de baunilha e ponha, as sementinhas e a fava raspada, junto ao leite antes dele ferver. Assim que o leite levantar fervura desligue o fogo e tampe a panela. Deixe em infusão por 15 minutos antes usar.

Bata o açúcar com as gemas até ficar levemente esbranquiçado. Adicione o amido e misture. Reaqueça o leite (caso tenha feito a infusão com a baunilha) e misture 1/3 dele nessa massa de gemas. Misture sempre quando estiver adicionando o leite quente!

Junte essa mistura de gemas, açúcar, amido e leite com o leite restante na panela e retorne ao fogo, médio. Cozinhe, mexendo sempre, até que engrosse. Assim que engrossar, deixe cozinhar por mais 1 minuto, fogo baixo, e retire a panela do fogo. 

Despeje o creme numa tigela e deixe esfriar um pouco antes de adicionar a manteiga. Adicione a manteiga e misture vigorosamente até que esteja incorporada ao creme. Por fim adicione a essência (caso use) e misture novamente. Cubra a superfície do creme com um filme plástico para não formar crosta. Deixe esfriar totalmente antes de usar.

Pulo do gato: Quando o creme esfriou totalmente eu o enriquece com 100 ml de creme de leite fresco batido em ponto de chantili meio duro. Misturei com cuidado, coloquei-o num saco de confeiteiro e recheei as bombas.





Massa choux por Michel Roux

125 ml de leite
125 ml de água
100g de manteiga
½ col. chá de sal
1 col. chá de açúcar refinado
150g de farinha de trigo
4 ovos
Ovo batido (1 gema batida com 1 col. sopa de leite)

Misture o leite, a água, a manteiga, o sal e o açúcar em uma panela e cozinhe em fogo baixo. Deixe ferver e tire imediatamente a panela do fogo. Acrescente a farinha e misture com uma colher de pau até formar uma mistura lisa.

Leve novamente a panela ao fogo médio e mexa sem parar por cerca de 1 minuto para secar a massa, depois passe para uma tigela.

Adicione os ovos, um de cada vez, batendo com a colher de pau. 

Após... 1° ovo

2° ovo

3° ovo

4° ovo


Quando os ovos estiverem bem incorporados, a massa deverá ter maciez e brilho e uma consistência espessa. Agora ela está pronta para ser usada. Se não for utilizar a massa imediatamente, pincele levemente a superfície com um pouco de ovo batido para impedir a formação de crosta. 

Para fazer pequenas carolinas, ponha a massa em um saco de confeiteiro com um bico liso de 1 cm. Faça montinhos espaçados em uma assadeira forrada com papel vegetal, de preferência, ou sobre a superfície untada da assadeira. Pincele a carolina com ovo batido e marque o topo com as costas de um garfo. Asse a 180 °C por 15-20 minutos até o exterior ficar seco e crocante, mas o interior continuar macio. Esfrie sobre uma grelha.

Esse texto está de acordo com o texto do livro, mas eu, como uma pessoa detalhista (que sou) achei que deveria ter mais detalhes ou pelo menos algumas dicas. Por exemplo: eu adicionei todos os ovos que a receita pediu e acho que pode ter sido demais, pois meus éclairs murcharam quando saíram do forno. Acho que foi exesso de umidade. Usei-as assim mesmo! Pode também ter sido o tamanho que fiz...



Para dar forma as bombas, é só colocar o saco de confeiteiro com a massa na posição de 120°-130° e ao mesmo tempo que você for pressionando, tem de ir arrastando para dar forma e no fim faz uma voltinha para que fique tudo redondinho. No fette di amoré tem fotos melhores para ilustrar esse passo.



Para a cobertura eu usei um pouco de ganache de chocolate amargo que tinha aqui. Veja uma receita aqui! É só mergulhar as bombas já recheadas na ganache e puxá-las com cuidado. 

Bom, espero que tenham gostado :)

Desejo a vocês uma ótima semana :)






Visitem o site do Doce Melange e curtam a página nofacebook!

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Doce Melange na mídia

Olá gente :) Só vim aqui rapidinho para dizer que o Doce Melange tá na mídia :)

Visitem o Mastigando em Salvador que vocês podem conferir :)

Um abraço e bom final de semana :)



Visitem o site do Doce Melange e curtam a página no Facebook!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...