terça-feira, 16 de agosto de 2011

Nhoque de brigadeiro com biscoito e molho de leite de coco, ufa!!!


Olá!

É incrível o que as crianças, quando liberdade tem, podem fazer. Fazem umas três (talvez mais) semanas que conheci Aelita Andre por vídeo.

O que e como essa meninha pinta é algo fora da realidade. Seu primeiro quadro ela pintou com 2 anos de idade. Fez sua primeira exposição com 4. Um de seus quadros chegou a valer 24 mil dólares e ela não tava nem aí, só queria saber mesmo era de brincar/pintar.

Eu penso que todas as pessoas têm um dom, sinceramente, divino ou diabólico! Ninguém sabe explicar realmente o que se passa com nossos sentidos e instintos quando estamos fazendo o que gostamos. 

Mais é certo afirmar que quando isso acontece, entramos em contato com algo fora da capacidade humana de entender coisas, como essas que a Aelita faz.

Quando eu cozinho passam coisas dentro de mim que eu adoro sentir. É como “eletricidade”! 

Acho que não preciso explicar grandes coisas do post de hoje. Como aqui é um blog de culinária, acho que somente o necessário, a receita!


Nhoque de brigadeiro com biscoitos e molho de leite de coco
Rende aprox. 4 rolinhos de 3 cm de Ø e 20 cm de comprimento

Nhoque

395g de leite condensado, 1 lata ou caixinha
100g de chocolate meio amargo, quanto mais amargo mió
20g de cacau em pó
20g de manteiga sem sal
de boa qualidade, sempre :)
1 pitadinha de sal
100ml de leite integral
60g de amido de milho
60g de biscoitos de chocolate
de sua preferência cortados grosseiramente


Faça toda a Mise em Place. Inclusive: estender, primeiramente, dois pedaços de filme de PVC (sobre uma mesa ou coisa parecida) e untar com manteiga sem sal, só a parte do centro, em sentido longitudinal tipo assim
Clique em cima para ver melhor!

Eu tentei primeiramente com papel alumínio, mas não foi! Nem pensei em tentar com o manteiga... Deu foi com o filme mesmo. Melhor flexibilidade e melhor visibilidade!

Também prepare um saco de confeiteiro, grande o suficiente para caber toda a massa dentro dele. Se você usar um pequeno, vai ter que recolocar massa e isso fará uma bela meleira. Mas se você não se importa, vá em frente.


Prepare também água fria em um recipiente que possa encaixa a panela do brigadeiro dentro!

Com o leite condensado, a manteiga, o cacau, o chocolate, a pitadinha de sal e fogo baixo, faça um brigadeiro até o ponto de enrolar. Desligue o fogo. Troque de colher de silicone (ou o que for) por um batedor de arame (ou Fouet). Junte o leite ao amido de milho e rapidamente acrescente a mistura ao brigadeiro. Rápido! Mexa logo para não empelotar ;)

Religue o fogo (chama média) e volte a cozinhar a “massa do nhoque” até que fique bem firme. Começa a desgrudar do fundo da panela, aí você cozinha até engrossar bastante. Mas não é para deixar virar uma massa igual a purê de batata duro!

Chegando a esse ponto, desligue o fogo. Coloque a panela dentro do recipiente reservado com água fria e deixe esfriar um pouco. Junte o biscoito e continue mexendo. Para saber a temperatura ideal, que é a que você suporta em suas mãos, tem que colocar o dedão para sentir. Uma colher para provar também vai.


Encha o saco de confeiteiro com a “massa do nhoque” e bloqueie o fundo para não escapar massa. Com uma tesoura ou faca afiada, recorte a ponta onde irá sair a massa modelada, em um tamanho suficientemente grande para formar tipo uma salsicha longa e comprida.


Mele a ponta do dedo indicador com manteiga e posicione-o bem onde você for começar a espremer a salsicha (isso evitará que escorregue!). Exprema a massa sobre o filme. Com as abas vá dando forma a salsicha. Depois enrole tudo bem bonitinho e alise fazendo movimentos de vai e vem, bem sutis. Se for preciso recorte o excesso de filme.


Leve o rolinho ao freezer e faça os outros. Sempre ao terminar de fazer um rolinho, leve-o ao freezer e o que já tiver no freezer dê mais uma enroladinha para não perder o formato roliço.

Quando todos os rolinhos estiverem feitos, coloque tudo na geladeira para terminar de endurecer. Sempre voltando a enrolar para manter o formato roliço, até que estejam todos duros o suficiente para corte.

Vale acrescentar que a textura do nhoque é bem densa, brigadeiro né! Mas o molho faz amaciar um pouco!


Molho de leite de coco
Rende 350 ml


½ receita de creme inglês
55g de chocolate branco picado
200ml de leite de coco


Se quiser servir com bastante molho, é melhor fazer duas receitas do mesmo!!!!

Faça o creme inglês. Quando estiver alcançado o ponto ideal, retire do banho maria (não descarte o banho, pois você precisará) e junte o chocolate branco. Mexa até derreter. Agora acrescente o leite de coco, volte o recipiente ao banho maria e deixe até esquentar. Retire do banho e reserve. Com a água quente do banho maria você poderá aquecer a faca que irá cortar os nhoques!
 
Corte os rolinhos em nhoques e disponha-os sobre um prato fundo. Regue com molho (cuidado para não esconder os nhoques) ainda morno (ou gelado!), decore como preferir e sirva.

Abraços brigadeirados e nhocados :)

Outra sugestão é sevir em Cuillères

26 comentários:

  1. Wow! Demais e super original esse prato hein? Adorei, beijão

    ResponderExcluir
  2. Oi Queila,
    amo chocolate, esse nhoque parece delicioso!!!
    Bjs
    http://batalhagourmet.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Queila dos Céus...sacou meu tom religioso de hoje???...é que essa receita é pra comer de joelhos, rezando...rsrs Menina, por que vim aqui ver essa maravilha, agora me deu siricotico pra fazer. Vai ficar um serzinho na minha orelha me perturbando até eu fazer.
    Desculpe a brincadeira, mas sua receita hoje está DIVINA, minha amiga, parabéns!
    beijocas

    ResponderExcluir
  4. Oi Queila,
    Que capricho! Só você mesmo!
    Como você diz, todos temos um dom e o seu é divino.
    Bj,
    Lylia

    ResponderExcluir
  5. Oi gente!

    Que bom que você gostou Cecília!

    Olá Adriana! Então você não precisa nem de molho hehe, pois a idéia do molho é para quebrar o sabor intenso do chocolate e suavisar a língua com o sabor doce do coco. Bom te ver de novo aqui, volte sempre :) Um abraço

    Sandra minha flor! fico feliz que você gostou :) Li seu post de hoje e entendi a brincadeira hahaha, adorei! Fala para esse serzinho que se aquiete! Obrigada pelo comentário, um abraço :)

    Lylia querida, obrigada! Beijo

    ResponderExcluir
  6. Eu não sou fã de nhoque, mas esse eu tenho certeza que vou amar!

    ResponderExcluir
  7. Queila, o que é isso!?? Fiquei aqui babando agora... isso deve ficar uma coisa de louco! E olha que eu nem tenho quedas por doces, mas gosto muito de bigadeiro e côco, acho uma combinação fantástica.

    Um beijo flor

    ResponderExcluir
  8. Oi duda! então vai ser um amor daqueles de perder a cabeça hehe :) Um abraço

    Olá Pati! Ficou realmente gostoso! Também adoro essa combinação de chocolate com coco, mas de preferência sem o bagaço!
    Um abraço querida

    ResponderExcluir
  9. Oiê, primeira vez por aqui, e adorei a poesia implícita em "doce de laranja-flor" , maracujá do mato e outras coisinhas mais. A receita de abobora é ótima ( faço um risoto de abobora com salvia que emociona comensais!)e o flan de banana me conquistou. forte abraço !

    ResponderExcluir
  10. Olá Queila,
    parabéns pelo BLOG , amei suas receitas !!!
    Aqui pela primeura VX e vou continuar te seguindo , conheci VC através , do BLOG Simples Assim da nossa querida Lylia , lendo teu camentário , vi que era Baiana , assim como eu e gostei pq. ainda não conhecia nenhum BLOG Baiano de Gastronomia !! Rs !! que BOM !!!
    Moro no Rio , 35 anos dizem que sou Bairoca !! Rs
    Mas sou nada , sou Baiana , c/ orgulho !!
    Prazer!
    Abs,
    Márcia

    ResponderExcluir
  11. Menina, que delícia é essa?
    Vamos marcar um dia para eu fazer uma matéria contigo? Veja um dia em que vai fazer algo de COMER REZANDO e me chama! rs
    Bjs

    www.comerrezando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Olá Wair! Quanta gentileza e carinho :) muito obrigada! Tenho certeza de que esse seu risoto também iria emocionar a mim ;) Muito obrigada pela visita e volte sempre que quiser tá!?

    Olá minha conterrânea Márcia! Muito obrigada :) fico feliz que você gostou do blog e das receitas ;) A Lylia é um amor não é?
    Olha, o prazer foi todo meu de ti ter por aqui! Volte sempre que quiser, agora você já sabe o caminho ;)
    Um forte abraço

    Oi Juliana! Nossa, ficou bem gostoso mesmo hhhuuuummmm! Você tá falando sério? Eu topo! já imaginou, visita de blogueiras comendo rezando ;) Nesse caso você seria minha convidada.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  13. Me manda um e-mail par gente marcar direitinho. Tô com água na boca já...kkkk
    juliana.nut@bol.com.br
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Oi Queila!
    Adorei o seu espaço, parabéns! Essa receita é realmente SENSACIONAL, nunca vi nada parecido. Achei incrível, tenho que experimentar qualquer dia desses! Servido nas colheres então ficou lindíssimo. Beijos, estou seguindo!

    ResponderExcluir
  15. Oi Vivian! Obrigada, fico feliz que gostou :)
    A receita é uma materialização do meu lado mais legal, o de cozinheira sem limites hahaha
    Uma idéia que me acompanhou durante alguns dias antes de dormir (pensando quanto de amido deveria usar) pode?!!
    Estou contente com sua visita! Volte sempre que quiser tá!
    Só por curiosidade, o que é temperaria?
    Um abraço

    ResponderExcluir
  16. Descobri hoje o que é o Temperaria ;o Muito legal :)

    ResponderExcluir
  17. Olá Queila

    Vindo aqui pela primeira vez, gostaria de deixar meus parabéns pelo blog tão caprichado e cheio de maravilhas que voce produz.

    Essa receita em particular me chamou a atenção, super diferente e criativa, amei!

    Um abraço
    Muito prazer,

    Renata Boechat

    ResponderExcluir
  18. Oi Renata! Muito obrigada pelos seus elogios :) Fico feliz que você tenha gostado do blog :) e da receita!
    O prazer é todo meu! Volte sempre que quiser, o caminho da cozinha você já conhece :)
    Um abraço

    ResponderExcluir
  19. Queila do céu, o que é essa receita??? Pensa numa pessoa que aaamaaaa brigadeiro com todas as forças, essa sou eu, já tô aqui sofrendo por ter reatado o compromisso com a beleza e não poder testá-la agora mesmoooo... ah nem, tenho que desempelotar logo para provar essa delicia!!!rsss
    Amei!!!
    Bjim

    ResponderExcluir
  20. hahahaha! Ei Dri, que compromisso sério heim :) Então ler esse post foi só tortura :s
    Fico feliz com sua visita e contente que gostou do nhoque :)
    Beijão

    ResponderExcluir
  21. Que coisa maravilhosa, Queila! Eu adoro brigadeiro tradicional mas nunca experimentei fazer algo parecido a essa receita! Que coisa curiosa e elegante e saborosa, sem dúvida!
    Mais uma vez estou admirada, Queila! Obrigada por seu talento! Tenho muito prazer em conhecer o seu blog super interessante e lindo! =)

    ResponderExcluir
  22. Olá Miuda :) Obrigada minha linda :) Esse nhoque foi uma revelação ;)
    Fico tão contente em saber que o blog te agradou... sou a mais nova fã do seu e acho que por muito tempo :)
    Você faz coisas incríveis também :o
    Um beijão

    ResponderExcluir
  23. Amei seu bog. Virei fã. Quero urgente fazer esse nhoque. Beijos

    ResponderExcluir
  24. Que bom Anny :) Fico feliz que o blog agradou :)
    Faça mesmo, você irá se deslumbrar com a combinação de sabores ;)
    A Sandra do Caldeirão da Bruxa Solar também fez, olha aí o dela :)
    http://www.caldeiraodabruxasolar.com/2012/06/nhoque-de-chocolate-com-calda-de-coco.html
    Um beijo :)

    ResponderExcluir
  25. Queila, minha chará de sobrenome, você, definitivamente não pertence a este mundo.Está em um patamar muito mais acima do que tenho visto por aí.Parabéns.Quero ser um pouquinho como você quando eu "crescer".Bjos.Myra Vasconcelos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa obrigada pelo elogio! Fiquei tocada!
      Beijos chará :)

      Excluir

Adoro receber comentários! Sinta-se à vontade :) a cozinha é nossa!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...